domingo, 27 de março de 2011

- Amor Ilibado

- Poema que a Isabel Lopes fez pra mim e uma certa pessoa *_*



Era a roupa
A roupa que marcava o corpo da moça
Ela amou a moça
Maviosa e solta
Guardava o riso liso dos cabelos da outra
Vislumbrava o andar
Fascinada e absorta
Ela beijou a moça
Perdeu-se na moça
Na boca
Queria um beijo
Na mão no queixo
Na intimidade que rouba
Permitido enjoa
Proibido é coisa boa
Era o perfume doce
Sorriso fortuito
Olhar que frui
Andar que trouxe
Levou e foi-se
Amou-se

2 comentários:

  1. Conheço isso aí. Já tinha visto outras vezes..rsrs

    ResponderExcluir
  2. Isabel é uma @#$%#$#@@$ nunca fez o meu grr

    ResponderExcluir